Resenha do Filme “If I Stay”

new-if-i-stay-movie-posterTítulo Original: If I Stay
Título no Brasil: Se Eu Ficar
Diretor: R. J. Cutler
Roteiristas: Shauna Cross (screenplay), Gayle Forman (autora)
Distribuidora: Warner Bros
Data de Estréia: 4 de Setembro, 2014
Duração: 107 minutos
Casting: Chloë Grace Moretz, Mirelle Enos, Jaime Blackley, Joshua Leonard, Liana Liberato, Stacy Keach, Gabrielle Rose, Jakob Davies (confira o resto do casting aqui!)

“Mia Hall é uma prodigiosa musicista que vive a dúvida de ter que decidir entre a dedicação integral à carreira na famosa escola Julliard e aquele que tem tudo para ser o grande amor de sua vida, Adam. Após sofrer um grave acidente de carro, a jovem perde a família e fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso sobreviva.”


O final de semana chegou e eu finalmente pude ir assistir If I Stay no cinema no sábado a noite! Eu particularmente estava super empolgada para ver esse filme, acho que fazia um bom tempo que eu não ficava de fato animada com uma adaptação de livro pra filme. O livro tem se tornado gradativamente um dos meus favoritos do gênero, e quando eu vi o trailer do filme eu fiquei arrepiada, sabia que iria gostar do filme, independente das possíveis alterações que poderiam rolar.

De forma geral, eu acho que não teve nenhuma alteração que fizeram no roteiro do filme que fez ele destoar demais do livro, tudo que eles fizeram foram apenas pequenos detalhes que particularmente não mudaram em nada a essência da história em si, na verdade, deram até um pouco mais de corpo para o filme. A Mia continuou sendo aquela menina apaixonada por música clássica que fica dividida entre seguir os seus sonhos e continuar com aquele que ama em Portland; eles são como um casal qualquer que mesmo extremamente apaixonados um pelo outro, tem seus problemas e brigam por causa deles.

Algo que eu gostei muito que deram enfoque no filme em mais desenvolvimento por parte do personagem de Adam. Mostraram ele como um menino que mesmo sendo forte por fora também tem seus medos: ele praticamente não tem família e quando ele começa a namorar com Mia, ela se torna parte essencial de sua vida junto com a banda, a um ponto dele inclusive ter medo de perdê-la.

O fato de trocar constantemente de pontos de vistas é algo que eu gosto bastante também e é bem característico do livro, mas eu principalmente gostei do fato do filme já ter começado com essa troca, ao invés de apenas inicia-la depois que ocorre o acidente. Mostra que esse lado mais frágil da personagem está presente em todos os momentos, não apenas após as tragédias.

É um filme super triste e que tem um final aberto, assim como o livro, mas eu adorei cada segundo dentro do cinema! E provavelmente verei de novo em breve, isso se eu não comprar o DVD do filme quando sair. Sem sombra de dúvidas se tornou um dos meus filmes favoritos do ano. ❤

Avaliação: 5/5 estrelas.

E vocês, o que acharam do filme? Já viram? Deixe as suas opiniões nos comentários e vamos conversar!

assinatura

Advertisements