Rumble por Ellen Hopkins

20726924Título: Rumble
Autor: Ellen Hopkins
Editora: Margaret K. McElderry Books
Data de Publicação: Agosto 2014
Páginas: 560

“Can an atheist be saved? The New York Times bestselling author of Crank and Tricks explores the highly charged landscapes of faith and forgiveness with brilliant sensitivity and emotional resonance.

“There is no God, no benevolent ruler of the earth, no omnipotent grand poobah of countless universes. Because if there was…my little brother would still be fishing or playing basketball instead of fertilizing cemetery vegetation.”

Matthew Turner doesn’t have faith in anything.

Not in family—his is a shambles after his younger brother was bullied into suicide. Not in so-called friends who turn their backs when things get tough. Not in some all-powerful creator who lets too much bad stuff happen. And certainly not in some “It Gets Better” psychobabble.

No matter what his girlfriend Hayden says about faith and forgiveness, there’s no way Matt’s letting go of blame. He’s decided to “live large and go out with a huge bang,” and whatever happens happens. But when a horrific event plunges Matt into a dark, silent place, he hears a rumble…a rumble that wakes him up, calling everything he’s ever disbelieved into question.”


Rumble é o primeiro livro da Ellen Hopkins que eu li, mesmo eu tendo escutado muitos comentários positivos sobre ela em blogs estrangeiros. Quando foi anunciado que esse lançamento da autora seria o livro do mês do Booksplosion eu fiquei super animada pra ler uma obra dela e apreciar a forma de escrita dela. Para quem não sabe, a autora escreve os livros dela em forma de verso livre, o que é completamente diferente de tudo que eu já tinha lido anteriormente, principalmente no gênero young adult, mas essa não é a única particularidade desta obra.

A história é contada no ponto de vista de um adolescente chamado Matthew Turner, um garoto ateu que não tem fé em absolutamente nada na sua vida: religião, família, amigos, muito menos na teoria do “a males que vem para o bem”.

“There is no God, no benevolent ruler of the earth, no omnipotent grand poobah of countless universes. Because if there was…my little brother would still be fishing or playing basketball instead of fertilizing cemetery vegetation.”

Ele tem uma família onde o pai trai a mãe com a ex-namorada, um irmão que sofreu tanto bulling na escola por causa de sua sexualidade que acaba se matando, uma namorada religiosa que apenas mantém o namoro com ele por causa da culpa, amigos que não o apoiam. E não importa o quanto que a namorada fale para ele sobre perdoar as pessoas e ter fé em Deus, não existe forma alguma que Matthew consegue largar da idéia de culpar as pessoas pelos ocorridos, até um evento em específico que acontece com ele que o faz repensar em suas teorias.

Ao longo de todo o livro existem menções de um trabalho de escola que Matthew escreveu, onde ele fala de suas teorias quando se trata de religião e fé, e um dos principais motivos dele ter feito um texto com tanta violência, digamos assim, é a revolta que ele tem de não ter conseguido evitar do seu irmão ter se matado, e ainda não ter tido qualquer apoio dos amigos e familiares a respeito disto. De certa forma, eu até que concordei com alguns dos pontos dele quando falava de religião.

“Humans aren’t inherently good- a ludicrous proposition. Instinctively, people are barbarians. Cannibals, even. They eat each other alive, get off on torture, inflicting pain. This is not the image of the Gospel God. If God is love, and God is infinite, love would by definition be infinite. But love, for most, is a means to an end, and even in its purest form, it is fleeting. Not infinite.” 

― Ellen Hopkins, Rumble

Foi o primeiro livro que eu li que falou tanto assim desse tópico no ponto de vista de uma pessoa atéia, e eu achei super interessante ver o lado psicológico do personagem, de certa forma foi um livro cheio de diversidades, e eu fiquei extremamente interessada em ler mais livros assim, e pode ter certeza que eu tenho interesse em ler outros livros da Ellen Hopkins no futuro.

Avaliação: 4/5 estrelas.

E vocês, o que acharam desse livro? Já leram? Tem interesse em ler? Deixe as suas opiniões nos comentários e vamos conversar!

assinatura

10 jogos que marcaram a minha vida

Olá pessoal, tudo bem?

Pra dar uma variada nas resenhas e discussões de livros que eu tenho feito por aqui, decidi fazer uma tag que tá rolando agora pelo facebook que eu fui desafiada pela Nanda do Qualquer Coisa Etc para fazer, mas ao invés de responder apenas por lá, decidi trazer ela aqui pro blog, já que eu não quero que esse espaço aqui fique dedicado apenas à literatura, e sim a todas as coisas que eu gosto.

Basicamente o que eu tenho que fazer é listar os 10 jogos que mais marcaram a minha vida. Eu não vou fazer isso em ordem cronológica porque a minha memória não é das melhores, principalmente quando se trata da minha infância, mas eu devo dizer que todos esses jogos me marcaram de alguma forma ou outra, e muitos deles se tornaram importantes na minha infância ou no início da minha adolescência.

Eu não sou nenhuma gamer nem nada do tipo, mas eu particularmente gosto de jogar de vez em quando e tenho um carinho especial pelos meus consoles. ❤


1. Super Mario 64

Super_Mario_64_front

Super Mario 64 foi um dos primeiros jogos do Nintendo 64 e o carro-chefe do console, impulsionando a venda do videogame. Foi o primeiro jogo desenvolvido em três dimensões da série Mario e, apesar de não ser o primeiro jogo em 3D da história, Super Mario 64 revolucionou o gênero, da mesma forma que Super Mario Bros. ditou a regra para os jogos de plataforma em duas dimensões.

O jogo começa quando a princesa Peach convida Mario para comer seu bolo. Quando o encanador chega no castelo de Peach descobre que Bowser já chegou lá, e seus monstros roubaram as 120 estrelas mágicas do castelo e as esconderam em quadros. Cabe a Mario recuperar as 120 estrelas e salvar a Princesa.

2. Legend of Zelda: Ocarina of Time

20100909202933!The_Legend_of_Zelda_Ocarina_of_Time_front

The Legend of Zelda: Ocarina of Time é um jogo de ação-aventura desenvolvido e publicado pela Nintendo EAD para o Nintendo 64. Ocarina of Time é o quinto jogo da série The Legend of Zelda, e o primeiro com gráficos 3D. 18 meses após seu lançamento, foi seguido pelo lançamento de uma sequência direta The Legend of Zelda: Majora’s Mask.

O jogador controla o heroi característico da série, Link, na terra de Hyrule, um menino que mora na vila de Koriki que é o único da região que não tem uma fada. Link é enviado pela Grande Árvore Deku junto com uma fada, Na’Vi, numa aventura para impedir Ganondorf, Rei da tribo dos Gerudo, de obter a Triforce, uma relíquia sagrada que garante os desejos de seu portador. Link viaja através do tempo e aventura-se através de várias masmorras para despertar os sábios que tem o poder de selar Ganondorf para sempre.

3. Conker’s Bad Fur Day

Conker's_Bad_Fur_Day_cover

Conker’s Bad Fur Day é um jogo de ação desenvolvido e publicado pela Rare para o Nintendo 64, sendo o último título da mesma a ser lançado para o console. O protagonista do jogo é Conker the Squirrel, um esquilo-vermelho alcoólatra e ambicioso, em suas desventuras para voltar para casa e encontrar com sua namorada. A jogabilidade é composta de vários desafios, tais como resolver quebra-cabeças ou enfrentar inimigos em veículos; esses desafios são distribuídos em múltiplas fases.

A idéia original era a de um jogo para a família, mas a idéia foi abandonada e o jogo foi comercializado para um público-alvo mais adulto. O jogo apresenta violência explícita, temas sexuais, linguagem forte, humor escatológico, e inúmeras paródias cinematográficas. O jogo recebeu muitos elogios por críticos, que elogiaram seus gráficos, sons e apresentação. É considerado por muitos como um dos jogos de melhor visual do Nintendo 64. O título, porém, teve poucas vendas devido a sua divulgação limitada e seu lançamento tardio na vida do Nintendo 64, embora tenha atingido status cult por sua originalidade.

4. Mortal Kombat 4

Mortal_Kombat_4

Mortal Kombat 4 é o quarto jogo da série Mortal Kombat e o primeiro a ser feito em 3D. Foi o último jogo da série para arcades, e também fora lançado para PlayStation, Nintendo 64, Game Boy Color e PC. Diferente dos jogos anteriores, MK 4 traz finais em vídeo para cada personagem. Os Fatalities estão presentes, mas revolucionados pelos gráficos 3D.

Após o fracasso de Shao Kahn em conquistar a Terra, o deus caído Shinnok – ao observar todos os eventos de Netherrealm – pede ajuda ao feiticeiro Quan Chi para fugir do inferno e tomar seu lugar como deus Ancião e invadir a Terra.

Os guerreiros pensavam que finalmente a Terra estava em paz e esteve por um breve período. Mas, ao descobrir das intenções de Shinnok, Raiden – que o monitorava à distância – convoca novamente os guerreiros da Terra para um novo Mortal Kombat. Shinnok reúne os guerreiros falidos, como Reptile e Jarek, membro do clã mercenário Black Dragon de Kano, Noob Saibot que o ajudava em Netherrealm e alimenta ainda mais o ódio de Scorpion por Sub-Zero, que por sua vez está pacificado com os humanos.

Além disso, Shinnok recebe a ajuda de Tanya, filha de um embaixador de Edenia e o ajuda a invadir a terra de Sindel e Kitana. Reiko, um dos generais mais fiéis a Shao Kahn também ajuda o deus caído na promessa de se tornar o novo Imperador.

Sem as regras do Mortal Kombat, a luta tinha que ser travada para impedir que Shinnok conquiste a Terra através de seu amuleto mágico. Por isso, Liu Kang e os aliados Johnny Cage, Jax, Sonya, Sub-Zero e Kai são enviados a Netherrealm para encontrar e deter Shinnok e Quan Chi. Ao lado deles, Fujin, deus do Vento, se alia aos guerreiros para destruir e se vingar de todos os deuses mortos por Shinnok.

5. Sonic Adventure 2 Battle

Sonic_adv_2_battle_box

Sonic Adventure 2 Battle é um remake de um jogo eletrônico da série Sonic the Hedgehog, criado pela Sega no décimo aniversário de Sonic para o Nintendo GameCube. O jogo marcou a estréia do rival Shadow.

50 anos atrás, o governo criou um projeto secreto para pesquisar sobre imortalidade. O cientista-líder era o professor Gerald Robotnik, avô doDr. Ivo “Eggman” Robotnik, que se motivou no fato de sua querida neta Maria (prima de Eggman) ter sido diagnosticada com uma doença incurável. O projeto transcorreu na estação espacial ARK, sendo nomeado “Projeto Shadow” por buscar algo que não existe naturalmente, uma “sombra”.

Nas primeiras fases de estudo, pesquisou-se as Chaos Emeralds e desenvolveu-se as Chaos Drives, cápsulas de energia para alimentar o prótotipo do “ser vivo definitivo”, modelado na forma de lagarto e capaz de regeneração, e reprodução própria. Como a criatura evoluía e ficava difícil de controlar, preocupações auumentavam. Após informações do projeto vazarem para uma organização militar governamental, GUN (Guardian Units of Nation), os militares horrorizados tomaram ARK à força, evacuando os residentes, matando os pesquisadores exceto Gerald que fora preso, e selando o protótipo na parte mais funda da colônia. Para esconder os eventos do povo, a GUN disse que Gerald causara um acidente que matou os pesquisadores, e logo em seguida executaram o cientista por “negligência”.

Mas antes de ser preso, Gerald terminara uma outra versão de “forma de vida definitiva”, e o deixara com Maria, instruindo ambos a fugirem numa cápsula de fuga. Mas Maria pôs a forma de vida e soltou-a, sendo morta no ataque militar. Ao descobrir sobre a morte de Maria, Gerald passou os últimos dias de sua vida buscando vingança.

6. Pokemon Gold&Silver

Pokemon-gold-and-silver-banner

Pokémon Gold e Pokémon Silver são dois jogos para Game Boy Color da série multimilionária Pokémon. Esses dois jogos iniciaram a segunda geração de Pokémon, adicionando 100 novosmonstrinhos aos 151 originais de Pokémon Red, Blue e Yellow. Os dois jogos se passam em uma nova região chamada Johto, que fica bem ao lado de Kanto. Gold e Silver eram compatíveis com os jogos de primeira geração da série.

Na nova região de Johto, o jogador começa em New Bark Town, onde o prof. Elm lhe entrega um Chikorita, Cyndaquil ou Totodile e segue em busca do Mr. Pokémon para pegar um ovo misterioso com ele. Na volta, encontra um rapaz de cabelos vermelhos que roubou um Pokémon do laboratório de professor. Ele é encontrado muitas vezes e o desafia para uma batalha. Quanto ao ovo, é entregue ao prof. Elm e ele pede para seguir uma jornada em busca das oito insígnias de ginásio, para completar a Pokédex de Johto e para poder entrar naLiga Pokémon.

Após a vitória sobre a Elite 4, é permitido ao jogador explorar Kanto, a região onde se passaram os jogos anteriores. Derrotando todos os ginásios antigos e conseguindo mais oito insígnias, é hora do confronto final no Mt. Silver com Red, o protagonista de Red e Blue e Yellow.

7. Mario Party

250px-Mario_Party_1

Mario Party é um jogo originalmente lançado para o Nintendo 64 onde os jogadores movem-se ao redor do tabuleiro usando um bloco dado de 1-10 e tentam coletar o maior número possível de estrelas e moedas. Cada espaço no tabuleiro tem uma finalidade especial. Os espaços mais comuns (azuis) dão ao jogador três moedas, quando outros tipos de espaços (vermelhos, verdes, etc.) ativam jogos especiais ou eventos. Somente uma estrela está no tabuleiro em um momento, aparecendo aleatòria em um espaço no tabuleiro, onde ele ficará até ser comprada por um jogador. Depois que uma estrela é comprada, uma nova aparece em um espaço diferente. As estrelas custam 20 moedas. O jogo contém 50 minigames diferentes. Nos minigames de Quatro-jogadores, todos competem uns contra os outros. No “2 a 2” e os minigames “1 contra 3” colocam jogadores em grupos, assim, têm-se que cooperar com os outros no minigame para ganhar, mesmo que estejam uns contra os outros no jogo principal. Os minigames 1-player dão a um único jogador uma oportunidade de ganhar moedas dependendo de seu desempenho em um minigame de um.Se o jogador ganhar o mini-game, ganha 10 moedas, caso contrário, perde 5 moedas Ao contrário dos outros tipos de minigames, não são jogados no fim de uma turno; a fim jogá-los, o caráter de um jogador deve estar em um espaço do minigame 1-player durante sua turno. Na maioria das situações, o vencedor ou os vencedores de um minigame recebem dez moedas.

8. Tales of Symphonia

Tales_of_Symphonia_case_cover

Tales of Symphonia é um jogo lançado para o console Gamecube, da Nintendo. O jogo foi produzido pela Namco e contava com a direção de arte de Kosuke Fujishima, que foi responsável pela produção de famosos animes como Ah! Megami-Sama!.

“Once upon a time, there existed a giant tree that was the source of all mana. A war, however, caused this tree to wither away, and a hero’s life was sacrified in order to take its place. Grieving over the loss, the goddess disappeared unto the heavens. The goddess left the angels with the edict: “You must wake me, for if I should sleep, the world shall be destroyed.” The angels bore the Chosen One, who headed towards the tower that reached up unto the heavens. And that marked the beginning of the regeneration of the world.”

Retirado do livro de instrução oficial do jogo.

A história inicialmente se passa no mundo de Sylvarant, em uma vila chamada Iselia. O mundo sofre de um grande colapso com o uso excessivo de mana pelo Desians (a raça inimiga no jogo), que é a fonte de energia no mundo. Seguindo as palavras da deusa Martel no momento de sua morte, os anjos escolhem “The Chosen One”, Collete Brunel, uma moradora da vila, a escolhida para salvar o mundo da destruição. Então estará nas mãos da escolhida de seus companheiros completar “The Journey of World Regeneration” (A Jornada de Regeneração do Mundo), pois, completando essa jornada, o mundo finalmente poderia ser salvo.

9. Tales of Vesperia

Tales_of_Vesperia_Game_Cover

Tales of Vesperia é o décimo jogo da série princial de JRPG Tales of produzido pela Namco, lançado para Xbox 360 em Agosto de 2008. Sendo o quarto jogo da série produzido pelo Team Symphonia (Phantasia, Symphonia e Abyss), Vesperia trás vários temas recorrentes como o racismo, a união e a destruição do meio ambiente.

O game começa quando um ladrão rouba uma peça que controla a água na parte inferior de Zaphias. O misterioso e sarcástico protagonista Yuri tenta perseguir o ladrão, mas acaba sendo preso em um castelo. Em sua fuga, conheceu Estellise que estava a procura de um amigo íntimo – e rival – do protagonista, Flynn. Junto com Rapede, o fiel cão de Yuri, eles partem da barrera de segurança em busca de seus ideais. Ao caminho, passam por várias aventuras e conquistam mais companheiros como Karol, as lâminas de caça e Rita, uma pesquisadora Blastia excêntrica que se interessa muito pelo poder de cura de Estellise. Depois Raven, o membro de uma Raking Guild, e Judith, uma mulher bem misteriosa. Mais personagens são apresentados ao longo de todo o jogo.

10. Assassin’s Creed 2

240px-Assassin_credd_2

Assassin’s Creed II é um jogo eletrônico de ação-aventura em terceira-pessoa que foi desenvolvido pela Ubisoft Montreal e publicado pela Ubisoft, e é a sequência de Assassin’s Creed.

O jogo começa imediatamente após os eventos de Assassin’s Creed. Desmond e uma aspirante a assassina, Lucy Stillman, escapam do laboratório de Abstergo, seguindo para um esconderijo dos assassinos. Desmond descobre que os assassinos, com poucos recursos e dinheiro, estão tendo dificuldades para vencer os templários. Stillman, um dos assassinos, revela que ela e uma nova equipe têm trabalhado em um novo dispositivo, o Animus 2.0. Desmond então vê as memórias de um novo assassino através da nova máquina.

O jogador assume o papel de um jovem nobre que se tornou assassino, chamado Ezio Auditore da Firenze. O pai de Ezio e seus irmãos, acusados de trair a cidade de Florença, são executados em praça pública. Ezio também seria executado, porém conseguiu escapar da morte. Ezio então parte junto com sua mãe e sua irmã para a vila dos Auditore, onde descobre que seus irmãos e seu pai eram secretamente assassinos. Ezio passa a ajudar seu tio Mario na guerra entre os templários e os assassinos, com o intuito de se vingar dos causadores da morte de sua família. Como Altair no primeiro jogo, Ezio é um ascendente de Desmond Miles, o barman dos dias modernos que foi capturado em Abstergo, com o próprio Ezio sendo descendente de Altair (7 gerações separam Ezio de Altair).

O jogo se passa no século XV, na Itália, durante o Renascimento, aproximadamente trezentos anos após o primeiro jogo. Como Assassin’s Creed, os personagens baseados em figuras históricas estão presentes no jogo incluindo Leonardo da Vinci, Niccolò Machiavelli,Catarina Sforza, Lorenzo de’ Medici, Rodrigo Bórgia e Cesar Bórgia. Ao contrário de Altair, o qual o dedo anelar foi amputado para acomodar o uso de sua lâmina escondida, Ezio tem o seu dedo o qual exibe um anel com o brasão de sua amada. No enredo do jogo existe uma piada interna em que Leonardo da Vinci conserta a mesma lâmina e diz para Ezio que ele deveria amputar o dedo anelar para poder usá-la, Ezio acredita em Leonardo e coloca o dedo em cima de uma mesa para o amputamento, mas Leonardo aproveita para dar um susto em Ezio e diz que com as modificações feitas por ele na lâmina não era mais necessário o usuário fazer aquilo. É possível que a Lâmina Oculta de Ezio seja a mesma que fora usada por Altair e que talvez a família de Desmond tenha a tradição de passa-la de pai para filho.


É claro que tem vários outros jogos que foram importantes para mim, tais como Ragnarök, Priston Tale, GunBound, Tibia, Mu Online, Lineage II e afins, mas esses dez tem um lugar especial no meu coração e eu não posso negar isso de forma nenhuma! ❤

Bom, é isso para o post de hoje! Quais jogos influenciaram vocês? Já jogou algum dos que eu mencionei aqui? Diz ai sua opinião nos comentários e vamos conversar!

assinatura

A Culpa é da Literatura!

Olá pesssoal, tudo bem?

Na quarta-feira a galera do Cabine Literária postou um vídeo no canal deles onde eles criaram uma tag chama “A Culpa é da Literatura”, que foi criada principalmente pela Tatiany, por inspiração ao livro Willow que será lançado esse mês pela editora LeYa – e tô aceitando de presente se alguém quiser me dar, viu? -, se você ainda não viu o meu post de lançamentos é só clicar aqui!

Essa tag é pequena, tem apenas três perguntas, mas sem mais delongas vamos responder as perguntas aqui~


1) Um personagem com culpa:

ShallanPainting

Um personagem que eu gosto muito que vive com a culpa durante toda a série até então é a Shallan de The Stormlight Archives do Brandon Sanderson. Desde o momento que ela começa o treinamento dela com a Jasnah, ela se sente extremamente culpada das coisas que está fazendo, mas um dos motivos dela ter toda essa culpa você só descobre no final do livro – e eu não vou te contar porque eu quero que todo mundo leia essa série. Muahahahaha! XD

Eu não sei se a LeYa tem previsão de começar a traduzir essa série, mas eu espero com muita sinceridade que sim, porque ela é simplesmente uma das melhores séries de fantasia que eu já li na atualidade, e não falo isso apenas por ser fã do Brandon Sanderson, a série por si só é extremamente foda!

2) Um personagem sem culpa:

morgersteins

Os primeiros personagens que me vieram na cabeça quando eu vi essa pergunta são o Valentine e o Sebastian da série Os Instrumentos Mortais da Cassandra Clare, simplesmente pelo motivo deles fazerem tudo que fazem achando que é a coisa mais certa de se fazer do universo, sem ligar para as consequências que podem ter em terceiros. Mas acho que muitos antagonistas são assim atualmente né?

3) Um livro que te fez sentir culpa por gostar ou não gostar da leitura:

Harry_Potter_Pedra_FilosofalEu sinceramente não tenho culpa por gostar ou não gostar de um livro, mas eu sei que muitas pessoas ficam com vontade de jogar pedras em mim por eu falar que eu não gosto de Harry Potter. Eu li apenas o primeiro livro quando mais nova e eu achei meio meh, mas eu vou tentar novamente ler agora que estou mais velha, então vamos ver o que eu vou achar nesta segunda chance.

Eu quando mais nova fui uma pessoa traumatizada com essa série, se eu for bem sincera com vocês. Eu nunca gostei muito dos filmes e eu era obrigada pela minha mãe para ir em absolutamente todos os filmes, e eu odiava quando ela fazia isso comigo. Então consequentemente meu ódio passou para os livros.

Mas como eu falei antes, eu não sinto a culpa, mas as pessoas acham que eu deveria sentir a culpa, então eu vou usar essa série como a resposta.


Bom, essa foi a tag! Bem rapidinha de fazer, não é? E você, como responderia a essas perguntas? Me fale as suas respostas nos comentários e vamos conversar!

assinatura

Metas Literárias: Pressão ou Motivação?

Estava outro dia nessa semana lendo um tópico postado em um dos grupos de literatura que eu faço parte no meu facebook onde uma menina perguntou se as pessoas colocavam metas literárias para o ano, e vi que muitas pessoas responderam que não porque não queriam tirar o prazer da leitura.

E depois de ver isso que eu me perguntei: Será que eu sou uma das poucas pessoas que não pensam em metas como um pressão e sim como uma forma de motivação? Fiquei feliz em ver que algumas pessoas ali tinham a mesma forma de pensamento do que eu, mas eu ainda assim fiquei pensando por que eu tenho essa linha de pensamento.

Quando eu comecei a fazer metas de leitura ano passado, o meu objetivo era ler o máximo de livros possíveis para diminuir a minha pila de livros não-lidos, mas não necessariamente isso acontece agora. Pelo menos não é o meu motivo principal. Claro que eu não posso negar que eu tenho muitos livros pra ler, devo ter pelo menos uns duzentos livros para ler e essa lista cresce cada vez mais que eu vejo os lançamentos das editoras – sabe aquela relação de amor e ódio? Essa mesmo! Mas continuo amando mesmo assim -, o que não é bom não apenas para o bolso quanto para essa pilha. Mas eu percebi que se eu tivesse esse pensamento como foco principal desta minha meta de leitura eu provavelmente ficaria o dia inteiro na cama vendo vídeos no youtube ou assistindo TV, afinal de contas eu tenho phD em procrastinação extrema.

Ai eu comecei a pensar de outra forma: Sabe aquela sensação boa de terminar um livro? Imagina poder olhar para uma pilha de livros que você já leu, não seria uma sensação boa? Então inicialmente eu reorganizei as minhas prateleiras, onde eu tenho uma prateleira apenas com os meus livros lidos. Ao mesmo tempo que para uma pessoa ver isso separado pode ser extremamente estressante, pra mim foi reconfortante, porque eu olhava para aquela pilha e pensava “cara, eu já li todos esses livros!” e isso pra mim funciona super bem.

Outra coisa que eu fiz foi fazer da leitura um hábito, parte da minha rotina diária. Não importa se eu li 5 páginas ou 400 páginas naquele dia, qualquer página lida para mim, era melhor do que nada. E eu tenho um post aqui que eu fiz no meu blog mês passado falando sobre como eu fiz para criar o hábito da leitura na minha vida, se quiser ler é só clicar aqui que vai te encaminhar direto para esse post.

E foi com a união dessas duas formas de pensar, principalmente, que me fez não só atingir a minha meta de leitura atual, mas já ler 50% a mais do que eu tinha planejado para o ano inteiro. Na minha meta tinham 50 livros e eu já li 75 e ainda estamos no meio de setembro, muito tempo para ler. Eu não vi esses 50 livros no inicio do ano como uma pressão de forma alguma, agora eu vejo tudo como uma enorme conquista, e tudo que eu ler daqui em diante é lucro, apesar de eu ter uma curiosidade de ver o quão longe eu conseguirei ir até dezembro, mas não irei me pressionar para nada, afinal de contas eu trabalho e estou formando na faculdade este semestre.

E você, qual é a opinião de vocês sobre metas literárias? Funciona pra você ou não? Me fala nos comentários na sua opinião e vamos conversar!

assinatura

Attachments por Rainbow Rowell

bookcover_2.pngTítulo: Attachments
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Orion
Data de Publicação: Abril 2011
Páginas: 336

” “Hi, I’m the guy who reads your e-mail, and also, I love you . . . “

Beth Fremont and Jennifer Scribner-Snyder know that somebody is monitoring their work e-mail. (Everybody in the newsroom knows. It’s company policy.) But they can’t quite bring themselves to take it seriously. They go on sending each other endless and endlessly hilarious e-mails, discussing every aspect of their personal lives.

Meanwhile, Lincoln O’Neill can’t believe this is his job now- reading other people’s e-mail. When he applied to be “internet security officer,” he pictured himself building firewalls and crushing hackers- not writing up a report every time a sports reporter forwards a dirty joke.

When Lincoln comes across Beth’s and Jennifer’s messages, he knows he should turn them in. But he can’t help being entertained-and captivated-by their stories.

By the time Lincoln realizes he’s falling for Beth, it’s way too late to introduce himself.

What would he say . . . ?”


E eu finalmente li um livro da Rainbow Rowell! Mesmo com a Novo Século lançando dois livros dela aqui no Brasil, foi Attachments que me deu a vontade de fato de ler as obras dela. Não sou a maior fã de contemporâneos, e muito menos li um do gênero que é direcionado para adultos, mas devo dizer que fiquei surpresa!

A história se passa na virada do milênio, em 1999, onde um homem chamado Lincoln O’Neill trabalha para um grande jornal da cidade como segurança da internet, mas ao invés de trabalhar construindo firewalls ou impedindo hackers de entrarem no sistema da empresa, ele tem a responsabilidade de ler todos os e-mails dos funcionários que seja contra as normas da empresa.

Neste trabalho ele acaba conhecendo duas garotas: Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder, que são duas amigas jornalistas que constantemente trocam e-mails pessoais entre si, mesmo sabendo que existe alguém que é responsável por esta monitoração. Mas como elas não conseguem se levar a sério, elas trocam uma quantidade sem fim de e-mails hilariantes, discutindo cada aspecto da vida pessoal delas.

Quando Lincoln começa a ler os e-mails delas, eles sabe que precisava denunciar as duas, mas simplesmente não consegue por se sentir cada vez mais entretido e cativado pelas mensagens, e também descobre que está gradativamente se apaixonando por Beth, que naquela época tem um namorado. Entrando aí em uma situação que ele não sabe como sair, e muito menos sabe como abordar Beth.

Eu adorei ler os aspectos do início da internet e da virada do milênio que a Rainbow Rowell colocou no livro. Ela fez questão de mencionar o quanto que as pessoas na época acreditavam que o mundo iria acabar na virada de 1999 para 2000 e o quanto que a expectativa deles não chegou nem perto da realidade. E também ver como que as pessoas lidavam com a internet naquela época é muito interessante.

Agora quando se trata dos personagens: As meninas são hi-la-ri-an-tes! Não tem como não rir das coisas que elas falam nos e-mails, mesmo! São super divertidas, energéticas e sempre colocam uma pintada de humor mesmo nas coisas mais trágicas que acontecem com elas. Enquanto isso Lincoln é um homem super tímido, solteirão que mora com a mãe e começa a ganhar, gradativamente ao longo da história, um pouco mais do senso de independência, mesmo que ainda faça coisas consideradas super creepy – como olhar o e-mail das meninas em busca de algum comentário delas sobre ele – de vez em quando. A história é principalmente focada nesse desenvolvimento pessoal do Lincoln enquanto ele também tenta conquistar a Beth, mesmo que ele mesmo não crie a coragem pra abordar ela nos momentos que se esbarraram dentro da empresa.

De forma geral uma história super divertida que aborda desenvolvimento pessoal, um pouco de romance e, sem sombra de dúvida, muito humor e referência a coisas e eventos de 1999/início dos anos 2000. Super recomendo a leitura se você quer ler algo leve para se divertir entre os livros mais pesados – como distopias, algumas fantasias e afins -, sem contar que eu acho que esse livro vai ser uma ótima pedida quando se está em uma ressaca literária.

Avaliação: 5/5 estrelas.

E vocês, o que acharam desse livro? Já leram? Tem interesse em ler? Deixe as suas opiniões nos comentários e vamos conversar!

assinatura

The Iron Trial por Cassandra Clare e Holly Black

the-iron-trialsTítulo: The Iron Trial
Autor: Cassandra Clare e Holly Black
Editora: Random House UK
Data de Publicação: Setembro 2014
Páginas: 304

* esse livro foi publicado no Brasil pelo selo #irado da editora Novo Conceito este mês em formato digital, para vê-lo no skoob, clique aqui!

“Most kids would do anything to pass the Iron Trial.

Not Callum Hunt. He wants to fail.

All his life, Call has been warned by his father to stay away from magic. If he succeeds at the Iron Trial and is admitted into the Magisterium, he is sure it can only mean bad things for him.

So he tries his best to do his worst – and fails at failing.

Now the Magisterium awaits him. It’s a place that’s both sensational and sinister, with dark ties to his past and a twisty path to his future.

The Iron Trial is just the beginning, for the biggest test is still to come . . .”


Por ser uma pessoa que é fã dos livros da Cassandra Clare, é claro que eu tive que conferir The Iron Trial logo no dia do lançamento internacional, não é mesmo? E por se tratar de um collab com a Holly Black eu fiquei bastante animada, já que ela é uma autora muito forte no exterior.

O livro é contado no ponto de vista de Callum Hunt, um menino que logo no começo da história faz de tudo para não ser chamado para ir para o Magisterium, uma escola de magia onde o seu pai fez todas as formas de terror possíveis contra ela, inclusive usando de argumentos coisas como ter matado a mãe dele no passado.

Mas, para uma pintada de comédia, o Call é capaz de falhar em falhar e é convocado para o Magisterium e treinará junto com Aaron Stewart e Tamara Zarin com o Mestre Ruffus, um dos magos da escola. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro.

A primeira coisa que eu gostaria de endereçar é: Não tem qualquer relação com Harry Potter, sério. A única semelhança que tem é que o personagem principal vai para uma escola de magia, mas tirando isso, a série não tem qualquer semelhança com os livros da J. K. Rowling, mesmo sendo uma das séries que inspiraram as autoras enquanto escreviam os livros – da mesma forma que se inspiraram em Star Wars, Senhor dos Anéis, etc.

No começo o livro me deixou um pouco confusa, já que era muito focado no fato de o Callum e seu pai não quererem que ele entre na escola, mas a partir do momento que ele vai para o Magisterium e começa a descobrir as suas capacidades, mesmo que em um ritmo lento, a história flui super bem. Por ser o primeiro livro de uma série – não me lembro a quantidade certinha de livros, acho que serão cinco no total – tem muitas dúvidas que deixou em aberto e não foi no ritmo que eu gostaria que fosse, mas ainda assim foi uma leitura que me divertiu muito!

A história tomou um rumo que eu achei totalmente inesperado que me deixou extremamente curiosa para saber o que vai acontecer no futuro, mal posso esperar pelos próximos livros dessa série, que pelo o que parece, serão super empolgantes!


Avaliação: 4/5 estrelas.

E vocês, o que acharam desse livro? Já leram? Tem interesse em ler? Deixe as suas opiniões nos comentários e vamos conversar!

assinatura

Lançamentos de Setembro 2014

Olá pessoal, tudo bem? Vim aqui hoje para compartilhar com vocês a lista dos lançamentos deste mês!

Esses são os livros nos quais eu tenho conhecimento que serão lançados esse mês, mas se você souber de mais algum que esteja faltando nesta lista é só avisar nos comentários!


O_MISTERIOSO_LAR_CAVENDISH_1409228475PO Misterioso Lar Cavendish – Clarie Legrand

Editora: Gutenberg
Páginas: 264
SinopseVictoria é sempre impecável. Seus cabelos e unhas brilham, seu quarto não tem nada fora do lugar, sua rotina é precisa. Se há algo que ela pode considerar como um defeito em sua vida é Lawrence, que parece seu oposto: é preguiçoso, desorganizado, anda com a roupa desgrenhada e vive sonhando no mundo da música. Ela nem entende como eles vieram a se tornar amigos. Mas, exceto por isso, sua vida é perfeita na cidade de Belleville.
Até que Lawrence desaparece. Ela começa a investigar, e percebe que ele não é o único a sumir na pequena cidade. Por trás de suas ruas tranquilas, há segredos sombrios e assustadores, e as pistas que Victoria encontra parecem apontar para um lugar em especial: o Lar Cavendish. As pessoas entram lá mas saem diferentes. Ou então não saem.
Ignorada pelos adultos, ela se vê como a única capaz de tentar resolver o mistério e trazer seu amigo de volta. Mas, para isso, terá de abrir mão de sua vida perfeita.


ARQUIVOS_SERIAL_KILLERS_LOUCO_OU_CRUEL_1409686369PArquivos Serial Killers: Louco ou Cruel?; Made in Brazil – Ilana Casoy

Editora: Darkside Books
Páginas: 720
SinopseApós o sucesso do seu primeiro livro, Ilana Casoy dedicou-se a uma pesquisa rigorosa para investigar os serial killers brasileiros, no que viria a ser o primeiro livro do gênero dedicado aos assassinos em série do Brasil. Foram cinco anos de pesquisas, visitas a arquivos públicos, manicômios e penitenciárias, além de entrevistas cara a cara com personificações do mal em terras tupiniquins, para compor um inquietante roteiro com rigor investigativo de como, por quê e com que métodos os serial killers brasileiros atuam. Em Made in Brazil, Casoy relata sete casos de serial killers brasileiros, três dos quais ela entrevistou pessoalmente: Marcelo Costa de Andrade, o vampiro de Niterói, um dos casos e depoimentos mais chocantes do currículo da autora; Francisco Costa Rocha, o Chico Picadinho; e Pedro Rodrigues Filho, o Pedrinho Matador. Um relato cruel feito pelos próprios assassinos, conduzido com maestria por quem entende do assunto, que procura guiar o leitor pela sinuosa mente de pessoas frias e com movimentos mais que premeditados para o mal. Além deles, a autora se debruça sobre a vida e os crimes de José Augusto do Amaral (Preto Amaral), Febronio Índio do Brasil, Benedito Moreira de Carvalho (Monstro de Guaianases) e José Paz Bezerra (Monstro do Morumbi). 


ETERNIDADE_POR_UM_FIO_1400869871PEternidade por um Fio– Ken Follett

Editora: Arqueiro
Páginas: 1072
SinopseDurante toda a trilogia “O Século”, Ken Follett narrou a saga de cinco famílias – americana, alemã, russa, inglesa e galesa. Agora seus personagens vivem uma das épocas mais tumultuadas da história, a enorme turbulência social, política e econômica entre as décadas de 1960 e 1980, com a luta pelos direitos civis, assassinatos, movimentos políticos de massa, a guerra do Vietnã, o Muro de Berlim, a Crise dos Mísseis de Cuba, impeachment presidencial, revolução… e rock and roll! Na Alemanha Oriental, a professora Rebecca Hoffman descobre que durante anos foi espionada pela polícia secreta e comete um ato impulsivo que afetará sua família para o resto de suas vidas. George Jakes, filho de um casal mestiço, abre de mão de uma brilhante carreira de advogado para trabalhar no Departamento de Justiça de Robert F. Kennedy e acaba se vendo não só no meio do turbilhão da luta pelos direitos civis, como também numa batalha pessoal. Cameron Dewar, neto de um senador, aproveita a chance de fazer espionagem oficial e extraoficial para uma causa em que acredita, mas logo descobre que o mundo é um lugar muito mais perigoso do que havia imaginado. Dimka Dvorkin, jovem assessor de Nikita Khruschev, torna-se um agente primordial no Kremlim, tanto para o bem quanto para o mal, à medida que os Estados Unidos e a União Soviética fazem sua corrida armamentista que deixará o mundo à beira de uma guerra nuclear. Enquanto isso, as ações de sua irmã gêmea, Tanya, a farão partir de Moscou para Cuba, Praga Varsóvia – e para a história. Como sempre acontece nos livros de Ken Follett, o contexto histórico é brilhantemente pesquisado, a ação é rápida, os personagens são ricos em nuances e emoção. Com a mão de um mestre, ele nos leva a um mundo que pensávamos conhecer, mas que nunca mais vai nos parecer o mesmo. 


O_SEXTO_HOMEM_1408636539PO Sexto Homem –  David Baldacci

Editora: Arqueiro
Páginas: 352
SinopseSean King e Michelle Maxwell estão no Maine. Mais precisamente, na pequena cidade de Machias, onde fica Cutter’s Rock, um presídio de segurança máxima que abriga os criminosos mais abomináveis dos Estados Unidos. É ali que está Edgar Roy, o homem que precisa da ajuda deles.
Sean e Michelle foram contratados por Ted Bergin, o advogado de Roy, que pede que os investigadores descubram evidências em que ele possa basear a defesa de seu cliente. Ted, no entanto, não tem chance de lhes dar mais detalhes sobre o caso. A caminho de seu primeiro encontro com os investigadores, ele é morto na estrada, com um tiro à queima-roupa.
Ex-professor de Sean, Ted o ajudou em um momento difícil de sua vida. Sean não vai deixar que sua morte fique impune.
Só que nada na vida de Ted parece motivar um assassinato – a não ser que haja algo obscuro no caso de Edgar Roy. E, ao investigá-lo, Sean e Michelle podem incomodar os altos escalões do governo dos Estados Unidos.
Numa trama em que a vida e a morte se enfrentam em cada página, David Baldacci expõe segredos por trás da CIA, do FBI e da NSA.


PRIMAVERA_ETERNA_1408406366PPrimavera Eterna – Paula Abreu

Editora: Arqueiro
Páginas: 128
Sinopse: Maia é uma jovem publicitária bem-sucedida. Tem um emprego estável, um namoro estável, uma vidinha estável. Até demais. Certo dia, tentando imaginar como seria sua vida no futuro, o casamento, os filhos, visualiza duas crianças loirinhas correndo… Loirinhas? Então ela se dá conta de onde vem aquela cor de cabelos: Diogo, o menino por quem se apaixonou à primeira vista aos 12 anos, numa cidadezinha do interior, onde costumava passar os fins de semana com a família. Acontece que ele se mudou para os Estados Unidos há mais de dez anos, e a essa altura da vida, já nem deve se lembrar mais dela.Mesmo assim, num impulso, Maia pede férias na agência, inventa uma viagem de trabalho como desculpa para o namorado e vai para Nova York, atrás do seu primeiro amor. Primavera Eterna é a história de uma jovem cheia de sonhos esquecidos, que ousa arriscar tudo o que tem e acaba encontrando a si mesma.


SETE_DIAS_SEM_FIM_1376420726PSete dias sem fim – Jonathan Tropper

Editora: Arqueiro
Páginas: 304
SinopseJudd Foxman pode reclamar de tudo na vida, menos de tédio. Em questão de dias, ele descobriu que a esposa o traía com seu chefe, viu seu casamento ruir e perdeu o emprego. Para completar, seu pai teve a brilhante ideia de morrer. Embora essa seja uma notícia triste, terrível mesmo é seu último desejo: que a família se reúna e cumpra sete dias de luto, seguindo os preceitos da religião judaica.
Então os quatro irmãos, que moram em diversos cantos do país, se juntam à mãe na casa onde cresceram para se submeter a essa cruel tortura. Para quem aprendeu a vida inteira a reprimir as emoções, um convívio tão longo pode ser enlouquecedor.
Com seu desfile de incidentes inusitados e tragicômicos, Sete dias sem fim é o livro mais bem-sucedido de Jonathan Tropper. Uma história hilária e emocionante sobre amor, casamento, divórcio, família e os laços que nos unem – quer gostemos ou não.


O_DIA_SEGUINTE_1408486196P-2O Dia Seguinte – Rhidian Brook

Editora: Intrínseca
Páginas: 272
SinopseAs ruínas da Alemanha pós-guerra são o cenário deste romance que explora os destroços emocionais de uma catástrofe de grandes proporções. O coronel Lewis Morgan esteve tão imerso na guerra que não encontrou tempo de lamentar a morte do filho mais velho. Nomeado governador de Pinneberg, na destruída Hamburgo agora ocupada pelos britânicos, e finalmente na companhia de sua esposa, Rachael, e do filho, Edmund, após dezessete meses de separação, Lewis deve se mudar para uma grandiosa mansão art déco às margens do rio Elba e expulsar os antigos proprietários alemães. Mas, contrariando as regras da época, insiste em que o viúvo, Lubert, um arquiteto de vasta cultura, e sua filha, Frieda, permaneçam na casa.Ainda consumida pela dor da perda do filho durante um ataque aéreo alemão, Rachael se opõe à ideia, e assim como os colegas de Lewis, não compreende a generosidade do marido. Por sua vez, Frieda, que perdeu a mãe no bombardeio a Hamburgo orquestrado pelos Aliados, demonstra toda sua hostilidade aos novos moradores.Neste ambiente carregado de conflitos e tensões, personagens controversos cujas vidas emocionais são influenciadas pela política e pela história se revelam e tornam a possibilidade de uma reconciliação extremamente real. Em O Dia Seguinte, Rhidian Brook mostra que as cinzas da guerra encobrem não apenas o certo e o errado, mas a verdade e a mentira.


GAROTA_EXEMPLAR_1408463559BGarota Exemplar – Gillian Flynn (capa do filme)

Editora: Instrínseca
Páginas: 448
SinopseUma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, “Garota Exemplar” alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?


O_CAPITULO_DO_JULIAN_1409965224PO capítulo do Julian – R. J. Palacio

Editora: Intrínseca
Páginas: 96
SinopseO capítulo que você queria ler em Extraordinário Mais de 1 milhão de leitores já se encantaram com Extraordinário e a bela história de Auggie Pullman – um garotinho de feições incomuns que tem pela frente uma difícil missão: convencer as pessoas de que, apesar da aparência, é uma criança igual a qualquer outra. Agora todos terão a chance de saber o que se passa na cabeça do personagem mais controverso do romance: Julian, o menino que lidera a cruzada de bullying contra Auggie. Por que Julian trata Auggie tão mal? Será que ele pode ser perdoado? Em O capítulo do Julian R. J. Palacio faz uma comovente incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos de bullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso.


SENHOR_FEDOR_1409692408PSr. Fedor – David Walliams

Editora: Intrínseca
Páginas: 224
SinopseNovamente, David Walliams brinda os jovens leitores com seu humor sem limites e uma inacreditável criatividade. Em Sr. Fedor, conhecemos Chloe, que certamente poderia ganhar o título de “menina mais solitária do mundo”. Então ela conhece o Sr. Fedor, um mendigo que vive em seu bairro. É, ele fede um pouco, mas é a única pessoa neste mundo que é legal com ela.
Um dia, quando o Sr. Fedor precisa de um lugar para ficar, Chloe resolve escondê-lo no barracão do quintal de sua casa. Isso, é claro, não dá certo. Especialmente considerando que a mãe dela, se fosse ganhar um título também, seria o de “mulher mais esnobe e de nariz em pé da Inglaterra”.
Nessa confusão, Chloe vai aprender que alguns pequenos segredos podem causar enormes desastres. E, por falar em segredo, pode ser que o Sr. Fedor também tenha lá os dele, escondidos pelo notório mau cheiro…


365_DIAS_EXTRAORDINARIOS_1409692629P365 dias extraordinários: o livro de preceitos do Sr. Browne – R. J. Palacio

Editora: Intrínseca
Páginas: 432
SinopseNo romance Extraordinário, o leitor teve a chance de conhecer o memorável professor de August Pullman, o Sr. Browne, que no primeiro dia de aula, antes mesmo de se apresentar aos alunos, ofereceu uma profunda lição sobre a importância de cultivarmos preceitos positivos em nosso cotidiano regras capazes de nos inspirar a fazer escolhas cada vez mais acertadas ao longo da vida. O discurso do professor fez com que Auggie, pela primeira vez, pensasse que frequentar a escola poderia não ser tão má ideia. É essa a inspiração que 365 dias extraordinários pretende levar ao leitor. A bela edição reúne uma coleção de preceitos que vão iluminar, confortar e desafiar cada um a se tornar uma pessoa melhor. São palavras de sabedoria pinçadas de fontes que vão desde músicas e grandes obras da literatura até inscrições em tumbas egípcias e frases de biscoitos da sorte, incluindo passagens de alguns dos mais importantes personagens de Extraordinário e de mais de cem dos milhares de leitores que enviaram seus preceitos à escritora R. J. Palacio. 365 dias extraordinários: o livro de preceitos do Sr.Browne é uma celebração da gentileza, da esperança, da força de vontade e do poder do coração.


OS_ARQUIVOS_PERDIDOS_DE_VOLTA_A_PARADIS_1409960329POs arquivos perdidos: de volta a Paradise – Pittacus Lore

Editora: Intrínseca
Páginas: 100
SinopseDepois dos acontecimentos de Eu sou o número Quatro, quando John deixa Paradise para encontrar os outros membros da Garde, Mark fica para trás e precisa recolher os cacos de sua antiga vida. A escola foi destruída, sua casa, queimada, e, pior ainda, ele descobriu a terrível verdade: há alienígenas vivendo na Terra e eles planejam dominar o planeta. Sob a vigilância atenta de agentes do FBI, não há muito que Mark possa fazer, mas, quando Sarah desaparece misteriosamente, o rapaz sabe que não pode desistir. Sua busca o leva a novos aliados e uma revelação assustadora sobre os planos da invasão mogadoriana.


MUNDO_NOVO_1409247087PMundo novo –  Chris Weitz

Editora: Seguinte
Páginas: 328
SinopseDepois que um misterioso vírus erradicou toda a população exceto os adolescentes, os jovens dividem-se em tribos para sobreviver. Jefferson, o inseguro líder da tribo da Washington Square, e Donna, a garota por quem ele está secretamente apaixonado, se estabelecem precariamente em meio ao caos. Porém, quando outro integrante do bando descobre uma pista que pode levar à cura da doença, eles partem em uma viagem arriscada para salvar o que restou da humanidade. Alternando entre os pontos de vista de Jeff e Donna, descobrimos uma Nova York muito diferente: os animais do zoológico do Central Park agora vivem soltos na região, a Grand Central Station virou um enorme mercado… e há tribos inimigas por toda a parte. Enquanto enfrentam todos esses perigos, Jeff tenta criar coragem para se declarar, e Donna luta para entender seus próprios sentimentos — afinal, conforme os dias passam, a adolescência vai ficando para trás e a Doença está cada vez mais próxima.


LIVRO_DE_TYRAEL_1409581631PDiablo III: Livro De Tyrael – Doug Alexander e Matt Burns

Editora: Galera Record
Páginas: 166
Sinopse: Tyrael, o ex-Arcanjo da Justiça, sacrificou seus poderes para entender os mortais. Pressentindo novas ameaças despontando no horizonte, o célebre personagem do jogo da Blizzard Entertainment, Diablo III, compila neste volume único escritos próprios e de outros personagens, como Deckard Cain, de Livro de Cain. Nestes tempos turbulentos que virão, o conhecimento contido neste tomo pode significar a diferença entre a salvação e a perdição da humanidade.


GAROTO_ENCONTRA_GAROTO_1405976545PGaroto encontra garoto – David Levithan

Editora: Galera Record
Páginas: 240
Sinopse: Nesta mais que uma comédia romântica, Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola… E, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah!


Anjos_na_Escurid_oAnjos na Escuridão – Lauren Kate

Editora: Galera Record
Páginas: Desconhecido*
Sinopse: Anjos na Escuridão é uma coleção de momentos intensos do mundo perigosamente romântico da série Fallen, lançado nos EUA apenas em e-book. Uma festa que acaba terrivelmente errado, Ariane em uma febre de compras celestial, Daniel navegando pelas ruas de L.A. e outras aventuras formam este conjunto de contos inesquecíveis para qualquer fã de Lauren Kate.

* Não consegui encontrar informações sobre a quantidade de páginas desse livro, se você por acaso souber por favor me avise que eu edito aqui!


O_DESAFIO_DE_FERRO_1407776982PO Desafio de Ferro – Cassandra Clare e Holly Black

Editora: #irado (selo infantil da Novo Conceito)
Páginas: 384
SinopseAMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior… mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium – O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.

* Esse livro será lançado este mês apenas em formato de e-book, o lançamento da versão impressa desta obra está prevista pela editora para o mês de Outubro.


ATRAS_DO_ESPELHO_1407776215PAtrás do Espelho – A.G. Howard

Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
SinopseEm O Lado mais Sombrio , a releitura dark de Alice no País das Maravilhas , Alyssa Gardner foi coroada Rainha, mas acabou preferindo deixar seus afazeres reais para trás e viver no mundo dos humanos. Durante um ano ela tentou voltar a ser a Alyssa de antes, com seu namorado, Jeb, sua mãe, que voltou para casa, seus amigos, o baile de formatura e a promessa de ter um futuro em Londres. No entanto, Morfeu, o intraterreno sedutor e manipulador que povoa os sonhos de Alyssa, não permitirá que ela despreze o seu legado. O mesmo vale para o País das Maravilhas, que parece não ter superado o abandono. Alyssa se vê dividida entre dois mundos: Jeb e sua vida como humana… e a loucura inebriante do mundo de Morfeu. Quando o reino delirante começa a invadir sua vida real , Alyssa precisa encontrar uma forma de manter o equilíbrio entre as duas dimensões ou perder tudo aquilo que mais ama.


ACONTECEU_EM_VENEZA_1407776621PAconteceu em Veneza – Molly Hopkins

Editora: Novo Conceito
Páginas: 464
SinopseBem-vindo a Veneza, a Cidade do Amor. Ele traiu, mas foi uma única vez! Evie Dexter prometeu perdoar seu noivo, Rob e todos os esforços para absolvê-lo de seus pecados estão valendo a pena: nos últimos 10 dias, ela só o chamou de cafajeste 11 vezes. Graças aos céus, sua carreira de guia de turismo está indo muito bem. Evie já conheceu a elegante Dublin, a estilosa Marrakech e a descolada Amsterdã. Quando é convidada para visitar, com todo o luxo e glamour, a sensual cidade de Veneza, com seu vinho delicioso e os italianos impetuosos, ela agarra a oportunidade com unhas e dentes. Se você está à procura de romance, já encontrou o seu destino: embarque em Aconteceu em Veneza, viaje com Evie e tente responder a esta pergunta: o que você faria se estivesse no lugar dela?


SIMPLESMENTE_ACONTECE_1408644221PSimplesmente Acontece – Cecelia Ahern

Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
SinopseO que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.


Louco_Por_Voc_Louco por Você – Jasinda Wilder

Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
SinopseNell e Kyle são amigos desde a infância. Sempre fizeram tudo juntos, então ela nem se lembra de quando se tornaram realmente um casal. Quando Kyle morre da forma mais repentina, o mundo de Nell é lançado em um abismo de incertezas e dor. É quando Nell conhece Colton, irmão de Kyle e até então um completo desconhecido para ela. Estranhamente, é como se Colton a conhecesse há muito tempo… é como se ele a conhecesse por dentro. Ambos passam, então, a lutar para seguir em frente da melhor maneira possível. Nell, sufocada pelo peso da culpa.Colton, lutando contra a força que o arrasta em direção a ela… Cada um à sua maneira, os dois precisam desesperadamente encontrar o sentido da cura e do perdão. Em “Entre A Paixão e A Dor”, Jasinda Wilder combina o calor do desejo com a angústia, a perda da inocência, o luto e as tentativas de recomeço. O resultado é uma viagem ao mesmo tempo sensual e melancólica que ficará gravada em sua pele muito tempo depois que esta história terminar.


ChampionChampion – Marie Lu

Editora: Rocco
Páginas: 304
SinopseJune e Day abriram mão de muita coisa pelo povo da República, sem falar no quanto sacrificaram um pelo outro. Agora o país está vivendo um novo momento. June voltou a ser celebrada menina-prodígio da República, ocupando uma posição privilegiada dentro do governo como Primeira Cidadã, enquanto Day passou de criminoso mais procurado do país a herói nacional e garoto-propaganda do governo de Anden. Nenhum dos dois, no entanto, poderia ser capaz de prever as circunstâncias que os reuniriam novamente. No momento em que a paz parece iminente, um vírus mortal começa a espalhar o pânico nas Colônias, e a ameaça de guerra volta rondar as cidades fronteiriças da República. A nova praga é a mais mortal de todas, e June é a única que tem a chave para a defesa do país. Mas salvar a vida de milheres de pessoas significa pedir ao seu amor que abra mão de tudo o que lhe restou.

* A Editora Rocco também vai relançar os dois primeiros livros da série – Legend e Prodigy, inicialmente lançados pela Editora Prumo – com uma capa nova e algumas alterações na edição. Para aqueles que tenham interesse na série vale a pena conferir!


O_CAVALO_DE_LATA_1409235206PO cavalo de lata – Janice Steinberg

Editora: Rocco
Páginas: 352
SinopseJornalista e escritora, Janice Steinberg apresenta ao leitor um romance que mistura memórias de família e suspense. Na trama, Elaine Greenstein Resnick tem 80 anos e está prestes a se mudar para um condomínio para idosos. Ex-advogada brilhante, antes que Elaine se desfaça de seus arquivos e papéis pessoais, a Universidade de Southern California, interessada em seu acervo, coloca à disposição dela um pós-graduando para ajudá-la a organizar a papelada. De desenhos dos filhos e cartas trocadas com o marido a lembranças da família de origem romena, a protagonista de O cavalo de lata se defronta com uma ferida do passado que a leva a uma surpreendente viagem de volta às suas origens. 


MINHA_VIDA_SEM_BANHO_1409236742PMinha vida sem banho – Bernardo Ajzenberg

Editora: Rocco
Páginas: 192
SinopseFinalista do Prêmio Portugal Telecom por Olhos secos (2009), entre outras distinções, Bernardo Ajzenberg conta, em seu sétimo romance, a história de Célio, um homem que, num dia de inverno, resolve não tomar banho por conta do aquecedor quebrado, tampouco nos que se seguem, dando início a um verdadeiro projeto de vida. No romance, o autor retoma temas caros a sua obra, como famílias fragmentadas, hipocrisia, relações afetivas em xeque, solidão, raízes judaicas e a ditadura militar brasileira, e mostra, numa trama contada a três vozes, como as pequenas decisões cotidianas podem ter impactos devastadores na vida de cada um.


O_EVANGELHO_DE_SANGUE_1409236891PO Evangelho de Sangue – James Kollins e Rebecca Cantrell

Editora: Rocco
Páginas: 480
SinopseAutores de vários bestsellers, James Rollins e Rebecca Cantrell combinam seus talentos – ele, a habilidade em misturar ciência e mistérios históricos; ela, a perícia em criar uma atmosfera de suspense e sensualidade – em mais uma parceria de sucesso. Primeiro volume da série A Ordem dos Sanguinistas, O evangelho de sangue é um thriller gótico sobre vampiros (e outros seres sobrenaturais), uma ordem ancestral e a busca por um livro milagroso, há muito perdido. Ação e mistério ditam o tom da trama, uma bem-sucedida mistura de Entrevista com o vampiro com O Código Da Vinci.


EM_UMA_SO_PESSOA_1409237090PEm uma só pessoa – John Irving

Editora: Rocco
Páginas: 512
SinopseMais recente romance do consagrado escritor norte-americano John Irving, Em uma só pessoa é a saga de um homem que viveu todas as possibilidades do amor. Crescido entre a rigidez de costumes de uma pequena cidade e a pessoas que transcendiam as convenções de gênero, Billy desde cedo teve um espectro de paixões variado: da bibliotecária que lhe apresentou o mundo da literatura ao padrasto, passando pelo valentão local e por sua grande amiga Elaine. Tendo realizado o desejo de se tornar escritor e vivendo em Nova York, Billy revê suas amizades e relacionamentos, mais de meio século depois, tentando conciliar-se com seus próprios desejos, e revela os meandros da questão homossexual nos EUA, ainda encoberta por tabus e preconceitos. 


EUGENIA_E_OS_ROBOS_1409237272PEugênia e os Robôs – Janaina Tokitaka

Editora: Rocco
Páginas: 96
SinopseEugênia é uma menina de 11 anos apaixonada por mecânica e elétrica e capaz de consertar qualquer aparelho eletrônico. Seu quarto, repleto de fios e outras traquitanas, parece mais um cenário de filme de ficção científica do que o mundinho cor-de-rosa de uma pré-adolescente! Cansada de tentar entender os seres humanos, que ela considera muito complicados, mas sentindo-se sozinha, Eugênia decide criar seus próprios amigos – companheiros, leais e… devidamente programados por ela. Mas será que esses seres previsíveis conseguirão substituir os amigos de carne e osso de quem Eugênia tanto sente falta, com suas atitudes e pensamentos por vezes indecifráveis? 


A_CAIXA_DOS_PERIGOS_1409619403PA Caixa dos Perigos – Blue Balliett

Editora: Rocco
Páginas: 304
SinopseDescobrir o autor de um misterioso caderno, repleto de anotações contendo palavras como “Galápagos”, “terremoto” e “Beagle”, entre outras, é o desafio proposto aos leitores no novo livro de Blue Balliett, autora do aclamado mistério juvenil Procurando Vermeer, pelo qual ela recebeu o prêmio Edgar Allan Poe, e de outros livros de sucesso publicados no Brasil pela Rocco. Em A caixa de perigos, Balliett retorna com outra intrigante trama que reúne ação, mistério e ciência ao contar a história de um garoto curioso e inteligente que acaba envolvido numa investigação policial depois de encontrar um antigo caderno contendo ideias que, há mais de 150 anos, mudaram a forma com que a vida na Terra era compreendida.


MAR_DA_TRANQUILIDADE_1408637710PMar da Tranquilidade – Katja Millay

Editora: Arqueiro
Páginas: 368
SinopseNastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele.A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém. Quando o seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida.À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde – ou se é isso mesmo que ele quer.Eleito um dos melhores livros de 2013 pelo School Library Journal, Mar da Tranquilidade é uma história rica e intensa, construída de forma magistral. Seus personagens parecem saltar do papel e, assim como na vida, ninguém é o que aparenta à primeira vista. Um livro bonito e poético sobre companheirismo, amizade e o milagre das segundas chances.


HORIZONTE_1409606620PO Horizonte – Alyson Noël

Editora: LeYa
Páginas: 308
SinopseO destino os uniu – e os separou. Agora Daire e Dace enfrentam a batalha que selará seus destinos. Não pode perca o último volume da série “The soul seekers” O que você sacrificaria por amor? E para cumprir seu dever? Esse é o dilema que Daire Santos precisa enfrentar. Para provar ser digna de sua herança ancestral e honrar a linhagem de Buscadores que a precede, ela será obrigada a abrir mão da vida ao lado de seu amado Dace? Em Horizonte, último volume da série Soul Seekers, Daire e Dace se preparam para enfrentar os Richter de uma vez por todas mas, para isso, precisam descobrir o que o futuro reserva para eles. São realmente predestinados a ficarem juntos? Ou outro destino muito mais sombrio os aguarda? Nesta empreitada, Daire não pode mais contar com a preciosa orientação de sua avó, Paloma. Mas ela e Dace terão a ajuda de seus amigos, Xotichl, Auden, Lita e Axel, e dos anciãos Pé Esquerdo, Cree, Chay e Chepi. A energia da juventude e a sabedoria dos anciãos serão as melhores armas que eles terão na luta para tentar salvar os três mundos da destruição do Coiote. Sobre o autor: Alyson Noël, primeiro lugar na lista dos mais vendidos do New York Times, é autora das séries Os Imortais e Riley Bloom. Vive em Laguna Beach, Califórnia, onde trabalha em sua próxima obra. 


24_HORAS_1409861505P24 horas – Deadline – James Swallow

Editora: LeYa
Páginas: 304
SinopseSÃO CINCO HORAS DA TARDE
Uma hora atrás, o agente federal Jack Bauer foi declarado foragido. Se ele quiser sobreviver, ele precisa sair do país, e ele não tem muito tempo pra isso. 
Com seus ex-colegas da Counter Terrorist Unit agora mortos, presos ou demitidos, Jack não tem recursos de que se socorrer, não tem cobertura, não tem lugar algum para ir, apenas sua determinação poderá levá-lo por diante. Uma coisa permanece clara para ele: a promessa que havia feito a sua fi lha Kim. Jack prometerá voltar para ver Kim uma última vez para dizer que a ama… antes de cair fora do radar para sempre. 
Enquanto isso, uma força-tarefa do FBI apressadamente montada partiu para rastrear e capturar Jack, até mesmo uma unidade de operações secretas da SVR da Rússia propôs-se a fazer o mesmo – só que a missão dos russos é matá-lo logo ali, quando o encontrarem. 
Enquanto as horas passam, Jack precisa enfrentar velhos amigos e inimigos do passado em uma corrida desesperada para fi car um passo à frente de seus caçadores, deixando-os com uma sinistra advertência: 
“Fiquem fora de meu caminho, e eu vou embora em 24 horas. Vocês jamais irão me ver de novo. Me persigam… e vocês irão se arrepender.”


WILLOW_1409862324PWillow – Julia Hoban

Editora: Leya
Páginas: 352
SinopseSete meses atrás, em uma noite chuvosa de março, os pais de Willow acabaram bebendo muito durante o jantar e pediram a ela que guiasse o carro até em casa. Por uma fatalidade, Willow perdeu o controle do veículo e seus pais morreram no acidente. Consumida pela culpa, Willow deixa para trás sua casa, amigos e escola e, enquanto tenta retomar a relação de afeto e companheirismo com o irmão mais velho, secretamente bloqueia a dor da perda cortando a si mesma. Mas quando Willow encontra Guy, um rapaz tão sensível e complexo quanto ela, mudanças intensas começam a acontecer, virando seu mundo de cabeça para baixo. Contado de modo cativante e doce, Willow é um romance inesquecível sobre a luta de uma jovem para lidar com a tragédia familiar e com o medo de se deixar viver uma linda história de amor e cumplicidade. 


O_DRAGAO_DE_GELO_1409862668PO Dragão de Gelo – George R. R. Martin

Editora: Leya
Páginas: 128
SinopseO dragão de gelo era uma criatura lendária e temida, pois nenhum homem jamais havia domado um. Quando sobrevoava o mundo, deixava um rastro de frio desolador e terras congeladas. Mas Adara não tinha medo. Pois Adara era uma criança do inverno, nascida durante o frio mais intenso de que alguém tinha memória. Adara não se lembrava de quando viu o dragão de gelo pela primeira vez. Parecia que a criatura sempre estivera em sua vida, avistada de longe enquanto ela brincava na neve gelada durante muito tempo depois de as outras crianças terem fugido do frio. Aos quatro anos ela o tocou, e aos cinco montou no dorso imenso e gelado do dragão pela primeira vez. Então, aos sete anos, em um dia calmo de verão, dragões de fogo vindos do norte desceram sobre a fazenda pacífica que era o lar de Adara. E apenas uma criança do inverno – e o dragão de gelo que a amava – poderiam salvar o seu mundo da completa destruição.
O dragão de gelo marca a muito esperada estreia na literatura infantil de George R. R. Martin, o premiado autor da série As Crônicas de Gelo e Fogo, e se passa no mesmo mundo. Com ilustrações fantásticas do aclamado artista Luis Royo, O dragão de gelo é uma história inesquecível de coragem, amor e sacrifício, escrita por um dos autores de fantasia mais celebrados de todos os tempos.
“A encantadora história de Martin é repleta de paixão e poder… uma aventura emocionante com toda a precisão narrativa que seria de se esperar desse premiado autor.” — January Magazine
“O dragão de gelo transborda com a magia e a beleza da prosa rica Martin. […] Leitores de todas as idades ficarão encantados com a narrativa fantástica desta história atemporal de heróis e dragões, da força de uma família e do amadurecimento de uma garotinha muito especial. É um excelente livro para se compartilhar.” — VOYA
“Martin vai além do esperado para nos trazer uma extraordinária história infantil. Imperdível para todos os fãs de Martin, este é um bom livro para qualquer pessoa que adore o inverno e dragões.” — SFRevu


Bom pessoal, é isso! Muitos lançamentos este mês, não é mesmo??

Espero que vocês tenham gostado do post e me contem nos comentários qual o lançamento que vocês estão mais empolgados para ler! ❤

assinatura